Você está aqui: Página Inicial / Dissertações / 2016 / Resumo Álvaro Narciso Régis Correia

Resumo Álvaro Narciso Régis Correia

Resumo Álvaro Correia

O objetivo desta dissertação é comparar o custo financeiro das operações de hedge realizadas com os instrumentos derivativos: contratos futuros e de opções sobre futuros, nos mercados de derivativos de commodities da Bolsa de Valores de São Paulo. A pesquisa contribui com a literatura ao abordar uma questão para a qual não foram encontrados estudos, notadamente no caso brasileiro, onde os custos financeiros, tal como proposto aqui, assumem valores expressivos. São analisados o custo financeiro do carregamento de contratos das commodities boi gordo e milho. O custo financeiro de uma operação com o contrato de opção sobre futuros é definido como sendo o prêmio teórico no-dinheiro somado ao custo de oportunidade deste prêmio durante o período da operação. O custo financeiro de uma operação com o contrato futuro é determinado pelo custo do crédito projetado para manter a operação de hedge líquida durante o horizonte de planejamento, considerando o risco de mercado e o risco de encerramento. Os procedimentos metodológicos são divididos em duas etapas. Na primeira realiza-se o cálculo do risco de mercado, utilizando a metodologia Value at Risk dos referidos contratos com diferentes estimadores de volatilidade: Implícito e GARCH (1,1) e o risco de encerramento é obtido conforme a metodologia CORE. São obtidas diferentes medidas do custo financeiro das operações de hedge com contratos futuros, que são determinadas pela multiplicação do valor obtido pela soma do risco de mercado com o risco de encerramento por diferentes taxas de juros: de crédito direcionado, DI/Cetip e de recursos livres. Na etapa seguinte calcula-se o prêmio teórico de uma opção sobre futuros no-dinheiro pela fórmula de Black (1976). Assim, calcula-se o custo financeiro da operação de hedge com contratos de opções sobre futuros somando o prêmio teórico no-dinheiro ao custo de oportunidade pelas diferentes taxas de juros. Por fim, se compara os custos financeiros dos instrumentos através de simulações de operações de hedge. Os resultados mostram evidências de que as operações de hedge realizadas com contratos futuros têm menor custo em comparação com os contratos de opções sobre futuros para todas as commodities e para todos os estimadores de volatilidade para as taxas de juros de crédito direcionado e DI/Cetip. Para as operações realizadas pela taxa de juros de recursos livres, a opção sobre futuros é o instrumento derivativo de menor custo financeiro para a realização de operações de hedge.

Para mais informações e trabalho completo, clique aqui.

« Junho 2022 »
Junho
DoSeTeQuQuSeSa
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930
Próximos Eventos
XXV ANPEC SUL 15/09/2022 - 16/09/2022 — PUC/RS
XX Enaber 19/10/2022 - 28/10/2022 — Salvador - BA
50º Encontro Nacional de Economia 06/12/2022 - 09/12/2022 — Fortaleza
Próximos eventos…
UA-106127954-1